Image Map

15 de fev de 2014

Tarde Demais Pra Esquecer (Adaptada) - Capitulo 141°

|
ÚLTIMOS CAPÍTULOS

Thur: Adoraria!
Luiza: Sério? *suspirou aliviada* Que ótimo! Obrigado mesmo, Arthur.
Sérgio: Mas vai participar mesmo, né? Não vai fazer como seu amigo que andou para trás!
Thur: Com certeza *sorriu* Não desistiria dessa concurso por nada! 

Olhou para Lua que na hora desviou o olhar dele revirando os olhos. Arthur sorriu negando a cabeça e extremamente feliz em seu interior, agora Lua mesmo não querendo, era obrigada a falar com ele.






Luiza: Então é isso *pousou a mão na coxa e fez força para levantar do chão* Vocês dois só tem que ler esses papeis para saber direito sobre o concurso e pronto . Segunda a gente começa com os ensaios!
Sergio: Até segunda então! *já em pé* 

Os dois professores se retiraram do lugar, após dar por finalizada a 'reunião'. Lua apoiou no chão e fez força para ficar em pé. Arthur observou Lua e sorriu ao ver a cara de insatisfação da mesma. Devia estar irritada, mas ele estava nem ai. Levantou do chão em seguida e resolveu tentar iniciar um conversa com a ruiva , mesmo sabendo que, a resposta que ela daria tinha quase 99.9% de chances de ser um tanto quanto grosseira.

Thur: To animado pro concurso! *comentou, já preparado pro fora que provavelmente levaria* Acho que vamos ganhar!

Lua que já estava começando a andar para sair dali, parou. Se virou para Arthur e sorriu irônica.
Lua: Sério que esta animado? *batendo uma palma com as mãos* Mas eu to nem ai para o que você esta sentindo, ok? * esbravejou, olhando séria para o rapaz* Você acha que eu ainda não percebi, né? *negou com a cabeça * Eu sei muito bem que você e Chay armaram isso! Onde já se viu? *sorriu irônica* Fobia de se apresentar! HA HA HA, até parece. *revirou os olhos *

Arthur segurou o sorriso, para não rir na cara da mesma. Respirou fundo e voltou a observa-la. Até que Lua não era tão burra... mas tinha se equivocado, não tinha tido a ideia, Chay sugeriu e ele humanamente claro que aceitou.

Thur: A senhora já foi mais humilde, Lua Maria ! * falou naturalmente* O que lhe faz pensar que a gente armou tudo isso? 
Lua: Você então acha que eu vou acreditar nessa mentira que o Chay inventou?
Thur: Se ele mentiu ou não o problema é dele, eu apenas recebi uma ligação me chamando para vir ao colégio, me convidaram para participar e eu aceitei. Então não venha descontar em mim, ok? Não tenho culpa de nada!
Lua: Olha como é sínico *falou dando um passo para frente, revirando os olhos* 
Thur: Você que é fantasiosa!
Lua: Saiba que eu não acredito em nenhum palavra que você diz! *apontando o dedo para ele* Que saco, Arthur! *bufou, batendo com o pé forte no chão* Você não entende que você me faz... *se deu conta do que estava falando e parou , olhando para baixo*
Thur: Que eu te faço? *a olhou erguendo as sobrancelhas* Vamos, termine a frase. 
Lua? Esquece! *respirou fundo, se calmando* Você venceu, mas ah de você se se aproximar de mim, entendeu? 

Arthur não disse nada e Lua já ia virando quando ele a puxou pelo braço esquerdo a fazendo virar bruscamente e seus rostos ficarem centímetros de distancia.

Thur: Quer mesmo que eu não me aproxime de você, hein? 

Encostando a testa na dela. Lua cerrou os olhos ao sentir a proximidade de seus rostos e a respiração agitada do moreno. Arthur sorriu ao ver que a loira ainda se entregava a apenas um toque dele sobre ela e soube que ele ainda podia ter esperanças.

Thur: Vamos, Luh *levando as mãos até o rosto da mesma e acariciando* Vamos para com isso, hein? Me perdoa, vai... por favor !

Arthur foi aproximando seus lábios, sentindo a entrega de Lua. Passou a mão entre os cabelos loiras da mesma e por fim, tocaram seus lábios. No momento, a loira abriu os olhos só agora percebendo no que estava prestes acontecer. Afastou seus rostos e empurrou Arthur com força.



Lua chegou em casa exausta, contava as horas para deitar em sua cama e dormir a tarde inteira. Passou pelo quarto de seus pais e percebeu a porta entreaberta e de lá escutou alguns suspiros e fungadas de choros. A loira deu um passo para trás e tomada pela curiosidade espiou o quarto pelo o espaço aberto para ver quem estava lá dentro e supostamente chorando. Viu Claudia sentada na cama enquanto chorava observando um porta-retrato que Lua não conseguia identificar. A loira ficou preocupada e adentrou no quarto cuidadosamente e quando Claudia se deu conta da presença da filha, Lua já estava do lado da mãe e olhando pro porta-retrato que agora já tinha identificado... a foto do casamento dos seus pais. Subiu o olhar para mãe já imaginando o que seria.

Lua: Brigou com papai? *perguntou preocupada*

Claudia negou a cabeça tratando de limpar as lagrimas rapidamente numa tentativa fracassada em que a filha não percebesse seu choro. Botou o porta-retrato de lado e sorriu carinhosamente olhando para a loira.

Claudia: Minha princesa *segurou a mão de Lua* Ainda bem que você chegou ! *suspirou* Tenho que conversar seriamente com você!
Lua: Seriamente? * franzindo a sobrancelha* Isso tem alguma coisa haver com seu choro? 
Claudia: Mais ou menos!
Lua: Então desembucha logo, mamãe ! *aflita* Foi alguma coisa entre você e papai né? *nervosa*
Claudia: Lua, muita calma, ok? *apertou a mão da filha* É difícil dar uma noticia assim, mas bom, é a vida! *respirou fundo* Você sabe muito bem que eu e seu pai andávamos brigando muito ultimamente, né? *Lua assentiu* Ontem, praticamente de madrugada, nós dois tivemos uma conversa bem séria e chegamos a uma conclusão sensata... *tragou a saliva* achamos melhor nos separar!


2 comentários :

  1. Que baque ! Ta mto Boa nah Faz maratona. Do fim de semana.? Domingão Sabadão aproveita. Neah ssahahuahaha

    ResponderExcluir
  2. Que baque! separação é sempre tenso! mas ai Nath, precisa fazer logo uma maratona dessa web, e como ta no final, providencie uma segunda temporada! hahahahahahahahahahahahaha Beijo Ju

    ResponderExcluir

*Nada de comentários do tipo "FIRST", indicando que você foi o primeiro a comentar. Isso é ridículo e não acrescenta nada à blogosfera.
*Críticas também são bem-vindas, mas tenha educação ao escrever.
*Só faça comentários a respeito do tema.
*Se quiser fazer propaganda, entre em contato pela c-box.
*Não envie comentários repetidos.
*Não agrida a equipe, por favor.

Agora é só comentar..

Design por: Deborah Sophia - Adapta��o do c�digo por: Bruna Oliveira - C�digo base por: Luiz Felipe