Image Map

10 de abr de 2014

2° Temporada: Tarde Demais Pra Esquecer - 10° Capítulo

|


Arthur acabou de falar e inclinou-se um pouco, dando um beijo nos cabelos da loira. Lua respirou fundo, tentando reprimir as lagrimas. Quanto tempo esperou escutar isso de Arthur de novo? Quanto tempo esperou para estar nos braços dele novamente? Meu Deus... quanto tempo, muito tempo!
O moreno escutou a respiração pesada de Lua e sorriu ao constar que ela devia estar querendo chorar, ou estar até mesmo chorando. A pegou com carinho, colocando de lado e segurando-a nos braços, para que pudesse ver o rosto da mesma. Lua tapou o rosto com a mão e disse chorosa.

Lua: Você me mata! *sorriu junto a 
Arthur mas ainda tapando o rosto* Depois de seis anos, você ainda me deixa assim! *suspirou, limpando uma lagrima solitária que caiu de seus olhos* Sente isso aqui!

Lua pegou a mão de 
Arthur e posicionou em cima de seu coração. O loiro sorriu ao perceber como o coração da mesma estava bombeando aceleradamente e sorriu ternamente, retirando a mão do local e levando até o rosto de Lua, acariciando.

Thur: Que bonitinha! *sorriu apaixonado* Mas estou vendo que não posso mais falar tudo que eu sinto, que vai ser aí que tu infarta de vez!
Lua: Idiota! *apertou de leve o braço dele e depois riu* Como você pode ter ficado tão homem assim?
Thur: Eu sempre fui homem, Lu!
Lua: Ui começou *falou, fingindo um tom cansado e revirando os olhos* Estou falando no sentido homem de homem *Ele a olhou, como se mostrasse que ela não explicou nada. Lua sorriu e explicou-se* Você ficou mais maduro, mais homem... entendeu?
Thur: Ah sim! *sorriu, afirmando com a cabeça, entendo por fim o que a loira queria dizer* Mas respondendo sua pergunta... eu acho que foi você a responsável por isso!
Lua: Eu? *franziu o cenho* Explique-se!


Thur: Com tudo que a gente viveu, eu aprendi que tudo aquilo que eu fazia antes de você, não valia a pena! *suspirou e continuou* Aprendi que não vale a pena enganar nenhuma mulher e que vocês, mulheres, não são um brinquedo, como antes eu julgava! Você me ensinou também a ser responsável e saber a lidar com a vida sem fazer tantas merdas! *olhou para baixo, mirando os olhos da loira e disse com um sorriso doce nos lábios* Enfim, eu acho que você me mudou!


Lua: Ain Arthur! *respirou fundo , dando um tapa nele* Por que você está tão perfeito assim, hein?Thur: Porque eu sou perfeito!
Lua: Convencido! *sorriu, encostando novamente a cabeça no peito dele*
Thur: Hm... acabei de me lembrar que agora é a minha vez das perguntas!
Lua: Ihhh *sorriu, revirando os olhos* Lá vem!
Thur: Lá vem mesmo * correspondeu o sorriso, apertando de leve o nariz da mesma* Eu não vou ficar repreendendo as perguntas como você! Eu sou direito.

Lua sorriu, negando com a cabeça e tacou o corpo para o lado, ficando ao lado dele na cama. Arthur virou o corpo para o lado, para vê-la melhor e começou a perguntar, e como tinha dito, bem direto.
Thur: Teve algum namorado?
Lua: Faço de suas palavras a minha! *sorriu descontraída* Vivi alguns rolos, mas nada sério e profundo, em meu coração formou uma barreira *suspirou* Eu até confesso que tentei de todas maneirar derruba-la, mas não consegui! *abriu um sorriso de canto de lábios* Você sabe que é como uma droga para mim!

Thur: Esta dizendo que eu sou viciante? *falou convencido, mexendo nos cabelos*
Lua: Infelizmente! *sorriu, dando um tapa de leve no ombro de Arthur ao ver a cara de malicioso dele* Larga de bobeira e continua!
Thur: Ok *sorriu assentindo e pensou um pouco para a próxima pergunta* O que você faz em Barcelona? Até onde eu sabia você estava em Madrid.
Lua: Assim que eu terminei a faculdade eu consegui um emprego, onde eu ganhava muito pouco e meu trabalho não era reconhecido. Até um dia que o senhor Francisco viu o meu trabalho e me ofereceu um oferta de emprego aqui, em Barcelona. Vivo aqui já tem um ano... prefiro do que Madrid, é uma cidade bem bonita e as pessoas daqui são bem mais simpáticas.

Thur: Ah sim! Você trabalha em que? Bom, você já falou que é arquiteta mas tipo assim... em que aérea trabalha e aonde?


Lua: Na empresa de engenharia civil do Francisco, eles constroem os prédios e eu decoro-os!
Thur: Você seria útil no Brasil! A nossa arquiteta se demitiu. Casou e o marido dela não quis que ela trabalhasse mais.
Lua: Quem sabe um dia? *sorriu divertida e em resposta recebeu um sorriso sem graça de Arthur. Ela estranhou e perguntou* Que houve?Thur: Me lembrei de um negócio agora! *suspirou e a olhou sério* Por que você não respondeu mais meus emails?

Lua engoliu seco e olhou para baixo sem jeito. Assim que saiu do Brasil e deixou Arthur para trás, a loira ainda conseguiu trocar com o ele alguns emails. Mas vendo que aquilo só estava lhe causando mais saudade e ainda mais sofrimento para ambas parte, resolveu para com os emails e por fim, deixando de manter qualquer contato com Arthur durante seis anos. Ele até que continuou mandando, mas depois de dois meses parou, vendo que não teria mais resposta nenhuma da loira. Lua suspirou e subiu o olhar, respondendo.

Lua: Talvez eu tenha sido muito criança fazendo isso mas eu não aguentava falar com você pelo computador, sabendo que não poderia ver o brilho do seu olhar, escutar a sua voz... não ter você comigo. Posso ter sido egoísta mas aquilo estava só me deixando com mais saudade e eu vi que nós dois íamos sofrer mais se continuássemos mantendo contato.*suspirou e voltou a olha-lo* Você não faz ideia o quanto eu sofri vendo você me mandando aqueles emails e eu não tendo coragem de responder! Até hoje eles estão salvos no meu computador, sempre que tinha saudade de você eu relia alguns.

Arthur assentiu com a cabeça, um pouco chateado mas entendo o motivo da loira. E afinal, não importava mais o passado, eles estavam juntos e isso era o que importava. Não ia deixar nada do passado estragar o presente, o que lhe importava era somente o aqui e o agora.
Thur: Uma atitude infantil, mas eu vou relevar! *sorriu descontraído e Lua assentiu sorrindo um pouco sem graça* Mas então... um dia você pretendi voltar?
Lua: Voltar? *pensou um pouco e depois falou* Acho que sim. Afinal, alguém disse que ia estar me esperado lá, né?

Arthur sorriu lembrando quando ele prometeu isso para Lua, no aeroporto antes dela ir embora. Sorriu ternamente e a olhou nos olhos, dizendo as mesma palavras que disse a seis anos atrás.
Thur: Não se preocupe *abriu um sorriso carinhoso* Eu estarei sempre lá te esperando! *Lua sorriu, lembrando das palavras e acariciou de leve o rosto de Arthur* E você? Jura que nunca vai se esquecer de mim? *continuou, imitando a cena de seis anos atrás*
Lua: Tarde demais...
Thur: ...para esquecer!

Sorriu, completando as palavras da loira. Lua aproximou de Arthur e o abraçou, ele correspondeu o abraço e acariciou de leve os cabelos da mesma e disse sussurrando no ouvido dela.
Thur: Posso finalizar a cena?
Lua: Finalizar? * afastou a cabeça, o olhando* O que faltou?
Thur: A seis anos atrás foi você quem tomou atitude, mas hoje sou eu.

Sem antes que Lua pudesse raciocinar, Arthur levou uma mão até a cintura da loira e a outra entrelaçou nos cabelos da mesma, aproximou os lábios de ambos, e depois de seis anos, a beijando outra vez.

2 comentários :

  1. posta mais hj please para compensar
    ta lindo de +

    ResponderExcluir
  2. QUE LINDOOOOOOO POSTA MAISSSSSSSS *-*

    ResponderExcluir

*Nada de comentários do tipo "FIRST", indicando que você foi o primeiro a comentar. Isso é ridículo e não acrescenta nada à blogosfera.
*Críticas também são bem-vindas, mas tenha educação ao escrever.
*Só faça comentários a respeito do tema.
*Se quiser fazer propaganda, entre em contato pela c-box.
*Não envie comentários repetidos.
*Não agrida a equipe, por favor.

Agora é só comentar..

Design por: Deborah Sophia - Adapta��o do c�digo por: Bruna Oliveira - C�digo base por: Luiz Felipe