Image Map

6 de mar de 2014

A Última Chance - 33° Capítulo

|

Algumas semanas depois… 
POVS Lua 
Estava saindo da escola quando a diretora me chamou em sua sala, deu um selinho em Arthur e me dirigi até a sala da coordenação, chegando lá me sentei na cadeira 
- Alguma coisa de errado?- Perguntei aflita, não sabia o motivo de eu estar ali 
- Não, nenhum- Ela disse calma 
- Então o porquê de me chamar aqui? 
- É que tenho uma proposta para lhe fazer. Tome este envelope, mas só abra em casa com seus pais- Peguei o papel de sua mão e coloquei em minha mochila e saí da sala em direção aos outros. 
- E aí o que era? 
- Ela não me falou nada apenas me deu um envelope e disse pra abrir com meus pais. Não faço a mínima idéia do que seja. 
- Acho que não é nada demais agora vamos?- Assenti e fomos para casa 
Fui o caminho inteiro pensando no que poderia ser. “Será que é alguma coisa séria?”- Pensei 
Chegando em casa… 
- Mãe! Pai!- Deixei minha mochila em cima do sofá e fui falar com eles 
- O que foi Lua?- Minha mãe disse preocupada 
- A diretora me pediu para entregar um envelope para vocês dois 
- O que você aprontou? 
- Nada mãe, na verdade eu não sei nem sobre o que é o envelope. 
- E cadê ele?- Meu pai perguntou 
- Na minha mochila, vou pegar- Fui em minha mochila peguei o envelope e o entreguei a eles. Eles abriram e começaram a ler, eu fiquei curiosa e na expectativa.- O que é?- Eles olharam para mim sorrindo- Falem logo,que aflição! 
- Aqui está dizendo que você está sendo convidada para fazer um intercâmbio de 6 meses no país que você quiser, e todos os custos serão bancados pela escola.- Minha mãe disse e eu abri um largo sorriso, eu só podia estar sonhando, UM INTERCÂMBIO NO PAÍS QUE EU QUISER, só poderia ser um sonho. 
- É sério?- Disse com lágrimas caindo dos meus olhos 
- Sim minha filha- Minha mãe me abraçou e eu chorei mais ainda 
- Parabéns meu anjo!- Meu pai me disse e eu o abracei 
- Meu Deus, só posso estar sonhando, queria tanto fazer um intercâmbio- Meus pais riram da minha euforia, também não era pra menos. 
(…) Horas depois… 
Depois de receber essa grande notícia me toquei sobre o Arthur, como será que ele vai agir? Preciso contar logo para ele, quero que essa notícia saia da minha boca. Fui tomar um banho e me trocar para ir na casa dele. 

Me arrumei, peguei o envelope e fui para sua casa. Cheguei lá e toquei a campainha, estava nervosa não sabia o que falar. Alguns segundos se passaram e escutei o barulho do trinco, era a Sophia 
- Luaaa- Ela me abraçou e eu ri- Meu irmão tá lá em cima no quarto, pode subir- Ela disse e fechou a porta 
- Como sabia que eu queria falar com ele? 
- Você só vem aqui agora pra falar com ele- Ela fez carinha triste e eu ri 
- Olha que não é verdade, eu vim aqui semana passada falar com você 
- Ah claro, foi no dia em que você foi sair com ele e como não tinha nada pra fazer ficou conversando comigo- Eu ri 
- Desculpa amiga, prometo arrumar um dia pra ficarmos o dia inteiro juntas- Sorri e ela sorriu “maléfica”- Ah não, shopping não, droga!- Ela riu- Vou subir!- Subi correndo e abri a porta do quarto rapidamente, Arthur saia do banho apenas de toalha da cintura para baixo, eu PIREI quando eu vi ele trajado daquela forma, meu Deus, que namorado goatoso que eu arrumei. Foco Lua!- Opss- Eu ri e ele sorriu 
- Entra agora- Ele sorriu e foi na minha direção mas eu desviei 
- Melhor ficar longe né?! Perigoso- Olhei para ele de cima abaixo e mordi o lábio inferior, ele deu uma risada gostosa 
- Qual o problema?- Ele riu safado e me escostou rapidamente na parede, me dando um beijo de tirar o fôlego
- Arthurr não brinca- Ele me beijou novamente me interrompendo. Quando me dei conta já estávamos na cama e ele me beijava em cima de mim.

Em questão de segundos senti o seu “amiguinho”começar a se alegrar e a roscar em mim de uma forma prazerosa, interrompi o beijo e ele me olhou 
- Você acha que…- Ele disse 
- Lugar errado e hora errada- Entortei a boca de leve e ele me deu um selinho saindo de cima de mim 
- Tem razão- Ele disse sentando na cama- Bom, não sei o que você veio fazer aqui,mas vai ter que esperar porque eu, bem…vou tomar outro banho, gelado!- Ele sorriu envergonhado se dirigindo ao banheiro e eu ri.

Um comentário :

*Nada de comentários do tipo "FIRST", indicando que você foi o primeiro a comentar. Isso é ridículo e não acrescenta nada à blogosfera.
*Críticas também são bem-vindas, mas tenha educação ao escrever.
*Só faça comentários a respeito do tema.
*Se quiser fazer propaganda, entre em contato pela c-box.
*Não envie comentários repetidos.
*Não agrida a equipe, por favor.

Agora é só comentar..

Design por: Deborah Sophia - Adapta��o do c�digo por: Bruna Oliveira - C�digo base por: Luiz Felipe