Image Map

11 de fev de 2014

Tarde Demais Pra Esquecer (Adaptada) - Capitulo 138°

|


Uma semana tinha se passado desda ultima conversa de Lua e Arthur. Esses dias que passaram foram muito dolorosos para ambos, principalmente para Arthur. O moreno começou a ter que a aprender a viver com o desprezo da loira. Lua parecia irredutível, não falava, não olhava e sempre evitava Arthur... estava decidida em esquece-lo e acreditava que ia conseguir. Ele tentou quatro vezes se aproximar da loira para ter o perdão dela, mas foram quatro tentativas fracassadas, ela nem esperava ele acabar de falar, encerrava o assunto e sumia do local o mais rápido possível.

Os quatro amigos, Sophia,Melanie, Micael e Chay, não sabiam mais o que fazer, muito menos o que aconselhar pros amigos. Melanie e Sophia já estavam cheia de ver Lua sofrer e era como já tinha dito a morena uma vez ` Chegou a hora de ser feliz ` e as duas agora, passaram a acreditar que Lua só podia ser feliz ao lado de Arthur, ele a amava e isso não tinham mais como duvidar. Os quatro achavam que depois de tanto erro, tanto sofrimento e tanta magoa... Arthur e Lua mereciam ser feliz e tinham que ficar juntos.

Era uma sexta feira, 13:00... os alunos que tinham participado do concurso estavam reunidos na quadra junto com Sérgio e Luiza que iam comunica-los qual ia ser a dupla pra finalmente concorrer com as outras escolas. Lua, Mel, Chay e Thur estavam sentados encostados na parede, enquanto escutavam entediados o discurso chato e monótono de Sérgio.



Chay: Qual foi a do Sérgio querer dar uma de Jonas? *revirou os olhos, descansando a cabeça na parede*
Melanie: Já to quase dormindo! *bocejou, encostando a cabeça no ombro de Chay*
Thur: Não entendo essa enrolação *bufou* Era mais fácil ele dizer os vencedores e pronto! Não pretendo perder minha sexta feira escutando as palavras dele. *revirou os olhos*
Chay: Mas acho que ele ainda não se tocou nisso!
Melanie: É como eu já disse *suspirou* Falta de mulher é um problema!

Os quatro sorriram. Até Lua que se mantinha calada, mas era normal, ultimamente com a presença de Arthur ou ela era monossilábica ou muda.

Sérgio: Então, sem demorar mais, vamos dizer logo quem foram os vencedores...
Chay: Até que enfim... *sussurrou pros amigos, revirando os olhos* 
Melanie: Cala boca, Chay! *bateu de leve no ombro dele* Vamos escutar!
Sérgio: E os vencedores são...


Sérgio parou de falar e analisou o papel e leu o nome da menina e do menino vencedores, voltou o olhar para os alunos.

Sérgio: Queremos lembrar que o que vale é a participação e que todos vocês cantaram muito bem!
Gustavo: Pô Sérgio de novo não! *revirando os olhos*
Liza: É você já disse tudo isso mas fala logo os vencedores!
Luiza: Respeitem o professor Sérgio, ele têm direito de falar o que quiser!
Sérgio: A professora Luiza esta certa mocinhos, respeito, ok? *desviou o olhar para Liza e Gustavo* Mas bom como eu ia dizendo, os vencedores são... *olhou o papel de novo e depois voltou a olhar para os alunos* Lua Blanco

Lua arregalou os olhos surpresa e feliz. Melanie abraçou a amiga a felicitando, podia ter perdido mas se a vencedora era Lua, por ela tudo bem. Chay e Arthur sorriram e o moreno cruzou os dedos pedindo na memória para que agora, mais que nunca, ele fosse o vencedor.

Sérgio: ...e Chay Suede!

Arthur deu um suspiro decepcionado e desanimado, Chay comemorou dando um beijo em Melanie. Arthur sorriu forçado e cumprimentou o amigo.

Sérgio: Muito obrigado a todos os alunos pela participação e Lua e Chay, gostaria que ficassem mais um pouco que eu e Luiza queremos explicar para vocês como vai ser esse concurso! Mas esperem uns minutinhos porque nós vamos organizar umas coisas aqui, já chamamos vocês.

Lua e Chay assentiram felizes enquanto os dois professores foram até a sala dos professores ajeitar tudo do concurso.

Os alunos foram todos embora e só sobraram Chay e Lua que estavam sentados na quadra esperando Luiza e Sérgio. Enquanto Melanie e Arthur lhe faziam companhia...

Melanie: Quero só ver vocês dois, hein! *olhou para Chay e depois para Lua*
Chay: Nem me fale! *sorriu* Representando o Elite, vamos ter que ralar Lua!
Lua: É responsa mesmo! * concordou com Chay e depois olhou para a morena* Mel vamos comigo na cantina que eu quero comprar uma água? To morta de sede!
Melanie: Vamos!
Chay: Bebe muita água mesmo pra cuidar da voz, viu loira?
Lua: Ah pode deixar!

Sorriu enquanto se levantava do chão. As duas acenaram pros meninos e subiram as escadas da quadra para ir até a cantina. Chay sorriu suspirando encostando a cabeça na parede.

Chay: Eu tô feliz de ter ganhado mas sei lá * disse estalando os dedos* pensei que a Mel ganharia comigo!
Thur: É mas foi a Lua.
Chay: Eu sei né! *olhou para Arthur* Mas eu fico pensando em que graça vai ter eu e Lua em Cancún! *negou com a cabeça* A Lua é gostosa, legal e tal...
Thur: Eu sei disso, ok? *enciumado*
Chay: Relaxa brother *bagunçou o cabelo de Arthur* Deixa eu acabar minha frase! *sorriu* A Lua é gostosa e legal mas eu to com a Melanie e sem falar que a Lua é sua né.
Thur: Quem dera que fosse minha! *passou a mão pelos cabelos, suspirando*



Chay: Ô meu garanhão! *deu um tapinha de leve no ombro de Arthur * Isso é questão de tempo!
Thur: Tempo? *riu irônico, negando com a cabeça* Ela nem olha mais na minha cara, Chay! *suspirou* Acho que não tem mais jeito!
Chay: Vai desistir assim?
Thur: Não... desistir nunca! *decidido* Estou com a ideia firme de ter ela de novo para mim, mas, que ta foda, ta!
Chay: Relaxa brôw! Tudo vai se encaixar, você vai ver!
Thur: Valeu *suspirando triste*
Chay: Você queria ter ganhado né? * o olhou com pesar* Eu vi sua cara de frustração quando Sergio falou meu nome.
Thur: Querer eu queria, né! Porque pelo menos no ensaio eu ia poder trocar alguma palavra com a Lua, só que *suspirou* Não deu e foi você. Mas eu to feliz por você, você canta super bem e mereceu. *deu um soco de leve no peito de Chay*
Chay: Sabe que eu pensei agora? *sorriu sorrateiro* Que eu e você...

Avistou Lua e Melanie descendo as escadas sorrindo enquanto conversavam. Parou de falar e apontou para a direção delas com a cabeça.

Chay: Depois eu te falo!

Thur assentiu dando de ombros e ficou olhando Lua vindo com Melanie até eles. Ela era tão linda sorrindo, mais tão linda e...
Ah Lua, Lua...

Lua e Melanie sentaram ao lado dos meninos e os quatro continuaram a conversa, claro Lua e Arthur sem nenhuma vez se dirigir a palavra. Passado algum tempo, Arthur começou a se sentir excluído da conversa pois Lua contava uma historia de quando ela era criança e ele nem se quer podia opinar, já que a loira ao menos falava com ele. Ficou a observando disfarçadamente e admirando cada traço daquele rosto. Ela era tão linda e ele se achou um estupido por nunca ter percebido isso antes. Cada expressão que ela fazia, cada movimento, cada tudo... Céus! Ela era perfeita. Mordeu o lábio inferior ao ver Lua bebendo um gole de água da garrafinha que ela tinha comprado e sentiu lembranças entrarem involuntariamente em sua memória.
Lua e Arthur não falavam nada. Lua estava com sua cabeça longe, fingia prestar atenção na conversa, mas na verdade estava voando. Arthur era igual, mas não estava longe, na verdade o pensamento dele estava em alguém bem na frente dele. Lua olhava umas meninas dançarem, quando começa a sentir aquela sensação quando alguém te olha. Ela olha discretamente para frente e vê Arthur a olhando, parecia estar vidrado nela. Lua sorri e resolve `brincar` mais com ele. A loira olha pra mesa e avista um copo d`água, obviamente devia ser a água que Sophia e Melanie estavam bebendo antes dela chegar, Lua sorri tendo uma ideia e pega o copo. Olha para os amigos que estavam animados na conversa, depois olha para Arthur e eles ficam se olhando por um tempo. Ainda olhando para o garoto a loira leva o copo d`água até a boca e vai bebendo, até que Lua propositalmente deixa derramar algumas gotas, as gotas vão descendo e descendo até entrar no decote do top da loira. Arthur olhava para aquela cena vidrado, acompanhou o caminho de cada goto, entrando no decote e... nossa! Aquilo era muita tentação.



Ele cerrou os olhos e de novo se castigou em ter feito o que fez com Lua. Talvez se não tivesse a humilhado estaria com ela agora e o que eram apenas lembranças, poderiam se tornar realidade e o que em sua vida passou a ser só sofrimento podia ser apenas felicidade.

2 comentários :

*Nada de comentários do tipo "FIRST", indicando que você foi o primeiro a comentar. Isso é ridículo e não acrescenta nada à blogosfera.
*Críticas também são bem-vindas, mas tenha educação ao escrever.
*Só faça comentários a respeito do tema.
*Se quiser fazer propaganda, entre em contato pela c-box.
*Não envie comentários repetidos.
*Não agrida a equipe, por favor.

Agora é só comentar..

Design por: Deborah Sophia - Adapta��o do c�digo por: Bruna Oliveira - C�digo base por: Luiz Felipe