Image Map

10 de fev de 2014

Tarde Demais Pra Esquecer (Adaptada) - Capitulo 137°

|


Coloquem pra carregar: http://www.youtube.com/watch?v=fm0T7_SGee4

Arthur abriu os olhos ao sentir aquelas palavras pesarem em sua mente. Olhou sua mão sobre o peito esquerdo da loira e sentiu como o coração da mesma batia aceleradamente. Subiu o olhar buscando os olhos de Lua, percebeu as lagrimas que ela tentava conter e viu o quanto ela estava sofrendo, igual ou até mais do que ele. Naquele momento, depois daquelas palavras... não tinha mais o que falar! Sabia que qualquer palavra seria inútil pronunciar ali, sabia que o errado em toda a história era ele e se Lua quis se vingar ou dar o troco nele e em todos, ela estava no seu direito. Pois a atitude que ele teve não foi de um ser humano e sim de um animal, quer dizer, nem um animal poderia causar tanta dor como ele causou.
Nesse tempo todo enquanto ele só pensou nele, só fez as suas próprias vontades, ele não viu quantas lagrimas ele criou, quanto sofrimento ele causou e tudo por que? Por ele ser tão egoísta. Sua cabeça começou a doer, seu coração começou a aperta pela culpa que sentia, e ali... se sentiu a pior pessoa do mundo.
As novatas lagrimas invadiram o olhar de Arthur e pela primeira vez ele não quis esconder a dor que estava sentindo dentro dele e muito menos quis mostrar para Lua que depois de tudo aquilo, ele estava forte e inatingível, como sempre tentou mostrar. Ainda com as mãos sobre o coração de Lua, ele fechou os olhos e deixou todas as lagrimas descerem eu seu rosto, sentiu as gotas molhadas e salgadas em sua boca e nem ao menos se deu o trabalho de limpa-las.

Lua o olhou chorando e ficou surpresa como da primeira vez, era sempre estranho ver Arthur derramar lagrimas. Sentia a mão dele sobre seu coração enquanto lagrimas e lagrimas escorriam sem parar dos olhos do mesmo. Lua não deixou de se emocionar e algumas lagrimas teimosas caíram de seus olhos. Arthur ao escutar Lua fungando o choro, abriu os olhos e percebeu que ela também chorava. Ele negou com a cabeça... ela não tinha mais que chorar, o único que merecia sofrer agora era ele. Tirou a mão do peito esquerdo dela e subiu até o rosto, limpou as gotas de água que Lua deixava cair e pediu entre lagrimas.

Thur: Não chora.


Lua nem se quer deu ouvidos ao que Arthur disse e voltou a chorar mais. Ele que chorava junto, insistiu mais uma vez e limpou de novo as lagrimas da mesma.

Thur: Por favor, por favor! *em um tom desesperado* Não chora!
Lua: Não da... *sussurrou olhando para baixo*
Thur: Eu .. eu te amo !

Sem dizer mais nada Arthur a abraçou forte e Lua não correspondeu, deixou só se sentir ser abraçada. Arthur não se importou da reciproca não ocorrer, agora nada ali o importava, a não ser abraçar sua loira e fazer com que mais nada ferisse ela. Lua não merecia mais sofrer!
Depois de um tempo chorando abraçado com Lua, Arthur se separou e passou a mão delicadamente na maçã do rosto da loira. Ela subiu o olhar, encarando
 Arthur
. O moreno sentiu que precisava se desculpar. Nunca antes, tinha se desculpado ou até mesmo se arrependido de algo que cometera, mas Lua como sempre lhe ensinou muita coisa, tanto como sofrer e tanto quanto amar. E sabia se ela ensinara ele a sofrer foi por culpa dele e se a culpa era dele... ele tinha que fazer, ou melhor, falar alguma coisa. Ele a olhou no fundo dos olhos e pela primeira vez em toda sua vida tentou se redimir.

Arthur
: Você me desculpa?

Lua arregalou um pouco os olhos, pela surpresa. Arthur Aguiar pedindo desculpas, aquilo era inédito, era surpreendente. Mesmo quando eles voltaram a ficar ele nunca se quer quis tocar no passado e muito menos pedir desculpas de alguma coisa. Era novo aquilo e Lua estava realmente surpresa e um pouco desconfiada. Arthur percebeu que a loira parecia não acreditar muito nas suas palavras, mas ele tinha que ter o perdão dela. Levou a mão até o seu rosto e limpou as lagrimas que ainda caiam, voltou a olhar para Lua.


Deem play!

Thur: Me desculpa, por favor! *suspirou* Eu... eu sei que não mereço mas eu preciso do seu perdão! *abaixou a cabeça, passando as mãos pelo cabelo* Durante a nossa vida sempre cometemos erros e isso é inevitável. Eu sei que foi um pouco tarde demais para eu perceber os meus, mas o que importa que eu percebi e estou tentando, um pouco tarde, mas estou tentando concerta-los! *voltou a encara-la* Eu sei que para que isso acontecesse eu precisei escutar coisas que eu não queria, tive que viver situações que eu não queria viver... Mas eu mereci que acontecesse tudo isso comigo, só para me dar conta do quanto idiota eu fui e sou *tragou a saliva* Mas queria que você soubesse, que pelo menos para mim não é fácil reconhecer o erro. Precisei de coragem, sabia? Pra mim é muito difícil vir lhe pedir desculpas sabendo que tenho muita chances de levar um não *suspirou* Mas pelo menos eu sei que vou estar com a alma um pouco mais leve e com a consciência um pouco menos pesada! *respirou fundo * Gostaria muito que você me desculpasse... de coração !

And I`m hearin what you say but I just can`t make a sound 
(Eu estou escutando o que você diz , mas eu simplesmente não consigo emitir nenhum som)

Lua não respondeu nada, apenas ainda estava raciocinando tudo que Arthur falara. Ele deu um suspirou frustrado e continuou...

Thur: E agora não é só questão de eu receber o seu perdão! Lua eu preciso mesmo de você, preciso de você aqui comigo! *passou as mãos pelos cabelos, nervoso* Você é meu primeiro amor e eu quero ficar contigo. Eu prometo que nunca mais te machucarei, nunca mais...

You tell me that you need me , then you go and cut me down 
(Você diz que precisa de mim, então você vai e me derruba)



Thur: Eu sei que você tem todo direito de me odiar e de não querer ver mais na sua frente! *passou a mão pelos cabelos e olhou para baixo* Mas eu estou realmente arrependido e preciso do seu perdão! *suspirou tristemente* Entendo que você não queira me desculpar, mas se um dia você...
Lua: Arthur!
Thur: ...puder me perdoar por tudo e... *parou de falar* Oi? *a olhou percebendo que ela tinha falado*
Lua: Chega disso! *suspirou , cerrando os olhos* Vai embora, por favor!
Thur: Isso quer dizer que...

I loved you with a fire red , now it`s turning blue, and you say , "Sorry" like an angel. 
 (Eu amei você com o vermelho-fogo, e agora está se tornando azul, e você diz "Sinto muito", feito um anjo)

Arthur tragou a saliva, a olhando receoso e com medo da resposta. Lua respirou fundo e disse o olhando...

Lua: Chega de dor Arthur! Eu tenho que ser feliz e você não me faz bem. *suspirou* Eu tenho muita dor, e agora, aqui, não consigo te perdoar!

Tirou as mãos de Arthur de seu rosto e afastou seus lábios do dele. Arthur franziu o cenho, não entendendo mais nada.

Thur: Mas... * decepcionado* eu pensei que nós dois... é 
Lua: Arthur! *o olhou * Não existe mais nós dois!
Thur: Claro que existe Lua! *segurou nas mãos delicadas da loira* Eu te amo!
Lua: Amor não é tudo! *suspirou tristemente* Agora definitivamente... acabou !
Thur: Não diz isso! *sentindo lagrimas saírem do seu rosto involuntariamente* Você não pode fazer isso! *sentiu as lagrimas arderem em seu rosto* E-eu não quero que acabe. M-me perdoa, p-por favor! *limpando as lagrimas*
Lua: Eu não queria muita coisa, que aconteceu! *suspirou e o encarou* Talvez se antes você viesse me pedir desculpas, quem sabe eu aceitaria? Mas agora... é um pouco tarde demais!



It`s too late to apologize, it`s too late 

(É tarde demais para se desculpar, é tarde demais)

Lua se levantou da cama e foi até a porta do seu quarto e a abriu.

Lua: Agora vamos acabar com isso *segurando as lagrimas, querendo transparecer força* É melhor para mim e para você!

Arthur foi até a porta e olhou para Lua segurando o rosto da mesma.

Thur: Não *chorando* Por favor! *desesperado* Me desculpa, vai...
Lua: Não insista Arthur! *suspirou, desviando o olhar do dele* Vai embora, por favor!
Thur: Isso não vai acabar assim *se separou dela * Não vai!

It`s too late
(É tarde demais)

3 comentários :

  1. E quando. Eu acho. Que tem amor no ar. Aparece. O odio. Num sei como ainda me supreendo com vc. HSuahuaha

    ResponderExcluir
  2. faz uma maratona pfffff eu divulgo mais o blog pliss

    ResponderExcluir
  3. A meu Deus, to chorosa, Nath faz maratona plmds!
    By:Gabby

    ResponderExcluir

*Nada de comentários do tipo "FIRST", indicando que você foi o primeiro a comentar. Isso é ridículo e não acrescenta nada à blogosfera.
*Críticas também são bem-vindas, mas tenha educação ao escrever.
*Só faça comentários a respeito do tema.
*Se quiser fazer propaganda, entre em contato pela c-box.
*Não envie comentários repetidos.
*Não agrida a equipe, por favor.

Agora é só comentar..

Design por: Deborah Sophia - Adapta��o do c�digo por: Bruna Oliveira - C�digo base por: Luiz Felipe